português
inglês
francês
suaíli
introdução
visão
notícia
índice
sujeitos potenciais
bibliografia
subsídios
escritórios
escreva-nos


Barbosa Lamine
Século XX
Missão Evangélica
Guinea-Bissau

Barbosa Lamine foi criado no campo perto de Bolama. Ele seguiu as tradições de seu pai e adorou ídolos. Mas ele se cansou de tudo isso. Quando foi para Bolama para morar com os parentes, eles lhe ensinaram a adorar a Lua. Ele foi a uma escola de padres católicos, aprendeu a ler, mas também aprendeu a adorar a Maria e aos padres também.

Uma noite ele estava passando na frente da Igreja Evangélica de Bolama e os escutou cantar: "Brilha para Jesus." Ele teve vontade de entrar na igreja, mas teve medo. Finalmente ele entrou, sentou-se e converteu-se. Imediatamente ele sentiu muita vontade de contar a outros as Boas Novas. Um dia estava caminhando ao longo da estrada com uma bíblia debaixo do braço, e cruzou com um padre que disse: "Faz tempo que não te vejo." Barbosa respondeu: "Estou servindo a Jesus e acredito Nele para salvação. Eu leio minha bíblia, e ninguém vai me impedir."

Barbosa ficou doente, mas Deus o tocou e ele foi curado.

Ele estudou na primeira Escola Bíblica de Bissau e depois em Lendem. Ele foi um evangelista que de coração falava a outros sobre o amor de Jesus. A igreja em Encheia foi fruto do seu ministério. Todos os fins de semana ele viajava até lá para ensinar aos crentes e para pregar o Evangelho na clínica dos leprosos, na segunda-feira pela manhã. As igrejas em Jabada e na região de Catio, também são frutos do seu trabalho.

Hazel Wallis


Este artigo é reproduzido, com autorização, de Light Shines in the Darkness, The History of the Church in Guinea-Bissau (1940-1974) (Bubaque, Guinea-Bissau: Missão Evangélica, 1996). Todos os direitos reservados.