português
inglês
francês
suaíli
introdução
visão
notícia
índice
sujeitos potenciais
bibliografia
subsídios
escritórios
escreva-nos


Muiane, Elias
1944 a 2003
Igreja do Nazareno
Moçambique

Elias José Muiane nasceu na vila de Dengeni próxima da cidade de Xai Xai em Moçambique. Seus pais não eram nazarenos, mas queriam o melhor para o seu filho. Ainda muito jovem, como todos os meninos de sua idade, Elias recebeu a responsabilidade de pastorear o gado da família antes de ir à escola.

Em 1955, ele foi transferido para a Escola Primária Católica Romana, da Escola Presbiteriana de uma vila próxima. A família era pobre e não podia pagar a escola, mas através da influência de um amigo, entrou em contato com a Escola de Missão Nazarena em Tavane. Em 1957, a missionária Lorraine Schultz decidiu aceitar Elias na escola e lhe permitia trabalhar para pagar as suas despesas. Elias não sabia nada da rotina escolar. Não sabia orar nem cantar.

Além dos seus estudos regulares, ele tinha aulas de estudo bíblico depois das horas normais. No seu primeiro domingo, a Srta. Schultz pregou na igreja, e quando as pessoas vieram até o altar para orar Elias achou muita graça e começou a dar gargalhada. No ano seguinte um grande avivamento desceu sobre a estação da missão, e Elias encontrou a Jesus como o seu Senhor e Salvador.

No final de 1961, na época das provas na escola, o diretor pediu aos estudantes que respondessem a seguinte pergunta: "-O que eu gostaria de fazer quando eu crescer?" Elias já tinha escutado a voz de Deus falando-lhe, e respondeu: "-Eu quero ser pastor." Todo mundo ficou surpreso, mas a Srta. Schultz ficou muito contente e encorajou Elias para entrar na Escola Bíblica, e ele entrou. Depois de terminar o seu treinamento na Escola Bíblica, em 1965, Elias entrou para a Escola de Professores em Xai-Xai por dois anos, e depois foi chamado para completar o seu serviço militar.

Elias Muiane recebeu a baixa do exército em 1971 e no ano seguinte casou-se com a Srta. Ana Langa. Eles foram para Tavane, onde ele lecionou na Escola Primária Nazarena. Ao mesmo tempo, servia como pastor na Igreja Xikeleni. Foram tempos difíceis devido a Revolução. Com o processo de nacionalização, oficiais do governo confiscaram as chaves do edifício da igreja, e proibiram o uso da mesma. Muiane continuou a pastorear a congregação, e os levou para adorar debaixo de uma árvore na vila. Muitas outras Igrejas Nazarenas em Gaza foram fechadas do mesmo modo incluindo Ulombe, Njatigwe, Xitsonguanini, Machecahomu, Mbenye e Mabunganini.[1]

Quando o governo Marxista tomou o poder, Elias foi criticado por servir com o pastor e professor ao mesmo tempo. Todos os professores da Escola Nazarena foram transferidos para outras escolas como meio de dividi-los. Ele foi transferido de uma escola para outra, porque ele se recusava a deixar as suas práticas e crenças cristãs. Finalmente ele deixou o ensino e foi trabalhar para o Ministério da Agricultura em Maputo no escritório de contabilidade. Ao mesmo tempo, Muiane serviu em vários pastorados. Ele foi ordenado na Suazilândia em 1977.

De 1986 a 1988, ele foi responsável pelo ministério das Igrejas entre os mineiros Moçambicanos que trabalhavam na África do Sul. Em 1988 ele foi convidado para retornar à Maputo como parte do corpo docente da Faculdade Bíblica reorganizada. Enquanto ensinava lá, também servia como pastor. Por muitos anos ele serviu como professor e tesoureiro no Seminário Nazareno em Moçambique, enquanto a sua esposa, Rev. Sra. Ana Muiane, pastoreava a Igreja da cidade de Maputo. [2]

O Rev. Elias Muiane faleceu de repente com um aparente ataque cardíaco em cinco de setembro de 2003. Joanne Doerr escreveu sobre ele: "A região da África saúda o Rev. Elias Muiane, um homem comprometido com a excelência na área da educação cristã!" [3]

Paul S. Dayhoff


Notas:

1. Restrick, David W., "The Church of the Nazarene and the Mozambican Revoluion, 1975 a 1982," tese de doutorado para Doctor of Theology Degree at Boston University School of Theology, 2001, p. 319.
2. Rev. Dave Restrick, E-mail da entrevista com o Rev. Elias Muiane, Junho 5, 2000.
3. Joanie Doerr, Out of Africa, Weekly E-mail semanal de notícias sobre a África, Igreja do Nazareno. (Set. 17, 2003, 4; Set. 25).


Este artigo foi reproduzido coma permissão do Africa Nazarene Mosaic: Inspiring Accounts of Living Faith, primeira edição, (Flórida, Gauteng, África do Sul: Publicações Nazarenas da África, 2002), copyright © 2001 por Paul S. Dayhoff. Todos os direitos são reservados.



Elias Muiane