português
inglês
francês
suaíli
introdução
visão
notícia
índice
sujeitos potenciais
bibliografia
subsídios
escritórios
escreva-nos


Alfeus Kanambunga
Em atividade de 1952 até 1990
Igreja Protestante Unida (Independente da Etiópia)
Namíbia

O profeta Alfeus Kanambunga foi o líder e membro fundador da Igreja Oruuano, em conjunto com o Pastor Reinhard Ruzo. Ele é originalmente de Kalkfeld (distrito de Omaruru), onde ele teve aulas de catecismo e foi batizado por um pastor Herero (tribo bantu) da Igreja da Missão Rhenish, o Pastor Tjirutue.

Em 1933, e novamente em 1938, Kanambunga sentiu o chamado de Cristo para deixar a sua casa e tornar-se um profeta em Kaokoland (região Noroeste de Erongo). Finalmente, em 1952 ele se estabeleceu em Kaokoland num lugar chamado Ekoto. Ele foi chamado por Deus para se estabelecer na "montanha" de Ekoto, onde ele receberia treinamento em liderança (Sundermeier 1973:156). Em Ekoto havia um pico de montanha com uma fonte perene e uma cachoeira. Este penhasco foi para ele, o seu "Jordão", o seu "Sinai" e o "Monte Getsêmani" onde Deus poderia falar-lhe. Em Ekoto, Kanambunga formou sua própria congregação numa área com acesso restrito aos missionários brancos, onde ele pregou para a comunidade pagã. A sua fama como profeta começou a se espalhar simultaneamente como a do profeta Mokaleng de Botswana (Sundermeier 1973:156).

Kanambunga visitou Jacob Mokaleng em Botswana, quem "exerceu grande influência sobre ele" (Kanduvazu 1968:29). Mesmo não sendo a data de sua visita conhecida, imagina-se que deve ter sido nos primeiros anos da fama de Mokaleng (1952). Algumas pessoas do povo Herero dizem que Kanambunda foi treinado no seu ministério profético por Mokaleng, no entanto outros dizem que Kanambunga recebeu seus dons proféticos independente de qualquer influência externa (para esta última colocação, veja Sundermeier 1973:155).

Houve muitos paralelos entre o profeta Kanambunda e o profeta Mokaleng e muitas similaridades no trabalho dos dois: Mokaleng assim como Kanambunga, não sabia ler nem escrever, e não tinha nenhuma educação teológica formal (Sundermeier 1973:160). "Outros liam a Bíblia para ele, e ele memorizava partes dela especialmente dos profetas do Antigo Testamento. Ele tinha o 'dom de visão'; Habilidade de diagnosticar causas de doenças, interpretar sonhos e visões e prever futuros acontecimentos" (Friesen 1994:44).

Assim como Mokaleng, a ênfase principal no ministério de Kanambunga foram os rituais de cura. O Pastor Ruzo foi visitar Kanambunga procurando cura para os seus pés (apesar de que mais tarde também visitou Mokaleng pelo mesmo problema dos pés e para pedir a benção da bandeira de Herero, chamada Otjiserandu.) (Kandovazu 1968:29). Todas as pessoas do povo Herero tinham o dever de ir até Kanambunga para receber cura, água benta e a benção.

Em 1957, Kanambunga proibiuo contato com a Missão Rhenish, porque eles eram impuros do ponto de vista ritual (Sundermeier 1973:119-120). Em janeiro de 1969, Kanambunga previu que Jesus Cristo apareceria no Waterberg com o pagão Maharero junto com o cristão Maharero. Três veículos de transporte foram lotados com pessoas do povo Herero foram para a ocasião. Quando Jesus não apareceu, disseram que os visitantes tinham chegado muito tarde e que Cristo tinha partido com os dois famosos (Sundermeier 1973:201, nota de rodapé 152).

A ênfase sobre puro/impuro (ritual de purificação), levou a futuros desentendimentos e cisões entre os membros da Igreja Oruuano. Kandozavu fez uma crítica histórica destas cisões e de suas bases teológicas. [1]

Gerhard Buys and Shekutaamba Nambala


Link:

Namibia Research Institute (www.nets.iway.na/Research/index.html)


Notas:

1. Esta história foi tirada de Buys e Nambala p. 186.

Bibliografia:

Fonte principal

Buys, G. L. & Nambala, S. V. V. 2003. History of the Church in Namibia 1805 - 1990, an Introduction. Windhoek: Gamsberg Macmillan.

Referências publicadas e não publicadas

1994 Field Directory: SDA na Namibia. Dados não publicados da Igreja da Namibia, fornecidos pelo Rev. Coombs, SDA Presidente da Região Central.
Beris, A. P. J. 1996. From Mission to Local Church: One hundred years of mission by the Catholic Church in Namibia, with special reference to the development of the Archdiocese of Windhoek and the Apostolic Vicariate of Rundu. Windhoek: John Meinert.
Buys, G. L. 1983. Die holistiese sendingbenadering in die ekumeniese diskussie met besondere verwysing na die Kerk en Sending in Suidwes-Afrika/Namibië. Tese de doutorado não publicada, University of Stellenbosch.
Christians, N. C. 1957. Afrikaanse Metodisme, 'n Kort oorsig: Richard Allen, vader van die Afrikaanse Metodisme in Suidwes-Afrika. Keetmanshoop: Manuscrito não publicado.
Friesen, R. H. 1994. "Origins of the Spiritual Healing Church in Botswana" in Oosthuizen, Kitshoff, Dube (Ed). Afro-Christianity at the Grassroots, Its Dynamics and Strategies. New York: E. J. Brill. Pp. 37-50.
Hellberg, C.-J. 1979. A Voice of the Voiceless - The Involvement of the Lutheran World Federation in Southern Africa 1947-1977. Lund: Skeab Verbum.
Hoeflich, K. F. 1961. "In und nach dem Zweiten Weltkriege: 20 Jahre kirchliche Arbeit," in Afrikanischer Heimatkalender, pp. 82-85.
Hunke, N. 1996. Church and State: 100 years of Catholic Mission in Namibia. Windhoek: RCC, John Meinert Printers.
Kamburona, A. C. 1975. "Church Order of Oruuano." Manuscrito não publicado.
Kandovazu, E. 1968. Die Oruuano-Beweging. Karibib, ELK Boekdepot.
Kritzinger, J. J. 1972, "Sending en Kerk in Suidwes-Afrika - Band I & II." Tese de doutorado não publicada, University of Pretoria. (as referências de páginas deste volume, são indicadas por numeros de páginas normais, no segundo volume os números são indicados adicionando a letra "B" na frente de cada número).
Lau, B. (Ed.). 1995b. An Investigation of the Shooting at the Old Location on 10 December 1959. Windhoek: DISCOURSE/MSORP Publications.
Nieuwoudt, M. M. 1979a. "Die Nedertduitse Gereformeerde Kerk in Suidwes-Afrika. Woordbediening in pioniersomstandighede op weg na 'n selfstandige sinode, 'n kerkhistoriese studie." Tese de doutorado não publicada, University of Stellenbosch.
Oosthuizen, H. Z. M. 1995. Eerwaarde E. J. Leonard: Pionier van die Boere-gemeenskap. Tese de mestrado não publicada da University of the Orange Free State, Bloemfontein.
Pakenham, T. 1979. The Boer War. London: Weidenfeld e Nicholson. (or the Afrikaans version 1981. Die Boere Oorlog. Johannesburg: Jonathan Ball.)
Pöllitzer 1978. "Die eigene Kerze anzünden! Untersuching zu Entstehung, Lehre, Leitung und Leben in der Oruuano." (The Protestant Unity Church of South West Africa). Tese de doutorado não publicada, University of Pretoria.
Robson, N. and A. Luff. 1999a. A Short History of the Anglican Church in Northern Namibia, 1924-1999. Manuscrito encadernado não publicado.
Robson, N. and A. Luff. 1999b. "A History of the Anglican Church." (Edição ampliada). Manuscrito não publicado.
Shejavali, A. 1970b. The Ovambo-Kavango Church.(Ongerki Yomowambokavango). Helsinki: Kauppakirjapaino Oy, pp. 24-32 (obra comumente referida como OKC).
Strassberger, E. 1969. The Rhenish Mission Society in South Africa, 1830-1950. Cape Town: C. Struik.
Sundermeier, T. 1973. Wir aber suchten Gemeinschaft, Kirchwerdung und Kirchentrennung in Südwestafrika. Erlangen, Luther Verlag.
Voipio, R. 1972a. History of the Evangelical Lutheran Ovambo Kavango Church. Oniipa: ELOK ( tradução inglesa da edição em Afrikaans de 1968).

Priódicos Eclesiásticos

Immanuel, monthly jornal mensal da Igreja Evangélica Luterana da República da Namíbia (ELCRN).
CCN Information, jornal mensal do Conselho de Igrejas da Namíbia durante os anos oitenta.

Entrevistas e questionários

Christians, N. C. 2002. Notas não publicadas fornecidas a pedido por Buys, em 22 de Maio de 2002. O Ver Nicholas Christians foi o pastor da Igreja Trinity AME Church em Keetmanshoop porum período ininterrupto de 43 anos (1953-1997). Em 1998, ele recebeu o doutorado honorário do Instituto Wilberforce da AMEC em EEUU.
Mubonenwa, L. 1997. Resposta do Pastor Mubonenwa a um Questionário enviado por Buys,com a data de 25 de Setembro de 1997. O Pastor Mubonenwa é o Presidente Destrital do Nordeste da Namibia da Igreja SDA.
Tjijombo, P. 2002. Entrevista do Buys com Bispo Petrus Tjijombo em 18 de Janeiro de 2002 em sua casa. O Bispo Tjijombo era fundador e ainda líder ativo da AFM em St. John's na Namibia quando aconteceu esta entrevista após um ministério que começou em 1953. A foto do começo do seu ministério naquele ano no "velho local," lamentavelmente estavamuito danificada para ser utilizada nesta publicação.
Witbooi, H. 2002. Entrevista de Buys com o honorável Dr. Hendrik Witbooi, em Windhoek, sobre a história dos Evangelistas Petrus Jod e Marcus Witbooi. O Dr. Witbooi foi o primeiro ministro do governo da Namibia e líder da AMEC (Igreja Episcopal Metodista Africana) na Namibia.



Este artigo foi extraído com permissão, do livro "História da Igreja da Namíbia, uma Introdução - 1805-1990, Gamsberg Macmillan, Windhoek, Namibia, copyright © Novembro de 2003 autores Dr. Gerhard Buys e Dr. Shekutaamba Nambala. Todos os direitos são reservados.