português
inglês
francês
suaíli
introdução
visão
notícia
índice
sujeitos potenciais
bibliografia
subsídios
escritórios
escreva-nos


Michael Cyprian Iwene Tansi
n.1904 f. 1964
Católico Romano
Nigéria

Em dezembro de 1939, uma nova paróquia chamada Dunukofia se desenhou a partir da paróquia chamada de Nnewi. Originalmente consistia daquelas vilas que estavam unidas por uma herança ancestral comum conhecido como Umu-Dunu (Umodioka, Ukpo, Ifite Ukpo, Umunnachi e Ukwulu). O Rev. Fr. Michael Iwene Tansi foi nomeado o primeiro padre paroquial. Naqueles dias era um fenômeno inusitado ter um padre paroquial negro.

Nativo de Aguleri, Fr. Tansi nasceu em 1904. Foi batizado com a idade de nove anos. Cursou os estudos primários na Escola Católica São José em Aguleri. Anos mais tarde ensinou temporariamente na sua Alma Mater, antes de ser tranferido para a Escola da Santa Trindade em Onitsha. Em 1925 ingressou no seminário em Ighariam e foi nomeado padre em 19 de dezembro de 1937. Trabalhou como cura em Nnewi (1937-1939) antes de ser nomeado padre paroquial em Dunukofia.

Fr. Tansi chegou no dia 31 de dezembro de 1939 para tomar posse da sua paróquia. No dia seguinte, 1º de janeiro de 1940, o Arcebispo Heerey com o Fr. Tansi e poucos outros padres celebraram uma cerimônia de inauguração da paróquia.

Somente depois de 1941, as outras vilas fora de Umu-Dunu expressaram o seu desejo de unir-se a nova paróquia, em parte devido à proximidade e em parte devido à influência magnética da santidade do padre paroquial, Fr. Tansi. Conseqüentemente, a paróquia de Adazi perdeu Awkuzu, Abbà, Enugwu-Agidi e Nawgu para a nova paróquia de Dunukofia. As vilas de Eziowelle, Abacha, Abatete (com as subestações: Agbaja, Ekeagu e Nsukwu), Uke, Ideani, Ogidi-Odida, Um-Ogidi se separaram da paróquia Nnewi, no entanto que Ogbunikw (Ogbamgba) e Umunya saíram da paróquia de Aguleri para unir-se a nova paróquia. Assim começou uma longa associação da paróquia de Ogbunike com a paróquia de Dunukofia- uma relação que durou mais de 50 anos.

Havia um elemento único sobre o padre paroquial. O seu zelo pela evangelização era excepcional e as pessoas ficavam particularmente impressionadas com a sua vida acética (isto era observado por aqueles que eram muito próximos a ele); sua generosidade e sua vida exemplar de pobreza. Não era um orador eloqüente, mas a sua mensagem penetrava nos corações das pessoas. Os mais velhos ainda lembram as suas mensagens proféticas sobre Ogbunike:

Ogbunike, mango di na be unu na aru unu oruru [1]
Agwo talu Abatete, julu Ogidi-Odida odu, bua Ogbunike onu [2]
Em 1943, Fr. Tansi decidiu transferir a igreja em Ogbamgba (Azu-Ogbunike) para um lugar mais central em Ogbunike, onde serviria a um número maior de habitantes. O lugar escolhido foi a vila de Osile, onde um terreno [3] tinha sido doado à igreja pela família de Okogba. Este lugar foi rejeitado por que a C.M.S. já havia construído a sua igreja em Osile. A vila de Amawa foi então considerada. Não era central e ficava muito longe dos moradores de Umueri e de parte de Ifite. Mas nenhuma das outras vilas oferecia uma boa alternativa. Na ausência de outro lugar melhor, Amawa foi escolhida.

O Fr. Tansi primeiro mudou a escola. A seguir, em 1944, mudou a igreja. Ele colocou ambas no lugar atual da Igreja Católica de São Vicente em Nkwo Amawa. É sabido que Peter Nworah foi instrumental na localização destes projetos.

A maioria das pessoas de Azu não gostaram da mudança. Como protesto, eles começaram a fazer contribuições para construir uma igreja na sua vila. Levou trinta anos para realizarem o seu sonho. Quando começaram a construção do prédio atual (em 1978) tinham-na chamado de Igreja Católica de São Estevão, sendo que o nome original já tinha sido dado para a igreja central em Amawa.

O edifício da igreja em Amawa levou quatro anos para ser completado (1944-1948). Tinha uma estrutura de pedra muito sólida. O Fr. Tansi já tinha sido transferido antes do edifício ser terminado. Depois ele entrou para o Monastério Cisterciano de São Bernardo em Leicestershire, onde fez os seus primeiros votos em oito de dezembro de 1953 e os seus votos solenes em oito de dezembro de 1956. No dia 12 de janeiro de 1964, ele faleceu na Enfermaria Real de Leicester.

Denis Chidi Isizoh


Notas:

1. Literalmente, "Ogbunike, a mangueira da sua vila está lhe avisando." Naquela época, quando os missionários vinham para um lugar novo, costumavam plantar árvores, especialmente mangueiras. Era esperado que o crescimento destas árvores demonstrasse de forma simbólica como a resposta do povo à mensagem da fé cresceria com o passar dos anos. A mangueira estava em pé na frente do velho edifício da igreja em Ogbamgba Ogbunike. Ironicamente, não houve nenhuma ordenação sacerdotal em Ogbunike, até que a mangueira foi cortada em 1978. Foi cortada para fazer lugar para a nova construção da igreja no local.
2. Literalmente, "A cobra que mordeu Abatote atingiu Ogidi-Odida com o seu rabo e cuspiu em Ogbunike." O significado não é claro. Talvez as vilas mencionadas tivessem o mesmo problema de resposta lenta à mensagem do Evangelho.
3. Mais tarde, a crèche (popularmente conhecida como "Santo Ikwuesi" devido a sua proximidade a casa da família dos Ikwuesi) foi construída pela igreja católica nesse terreno. O projeto depois foi abandonado devido à falta de apoio.
Este artigo foi reproduzido com permissão do The Dawn From on High: A Brief History of the Catholic Church in Ogbunike, copyright © 1995, by Rev. Fr. Denis Chidi Isizoh, Tipografica Leberit, Roma, Itália. Todos os direitos são reservados.