português
inglês
francês
suaíli
introdução
visão
notícia
índice
sujeitos potenciais
bibliografia
subsídios
escritórios
escreva-nos


Agostinho de Hipona
354 a 430
Igreja Antiga
Hipona, Cartago/ Proconsulares / Tunísia



Teólogo patrístico latino e exegeta escritural; santo. Nascido na África do Norte e educado aí e também em Roma, Agostinho era bispo de Hipona de cerca do ano 390 até ele morreu em 430. A teologia que ele formulou dominava o Ocidente até ao século treze, e teve uma influência profunda sobre a reforma protestante. A sua vista sobre a predestinação formavam a fundação para várias teologias de missão e práticas durante estes períodos.

O debate sobre a vontade livre que o Agostinho teve com o Pelágio convenceu uns missionários com a convicção que, sem o dom de Deus em Jesus Cristo, e a fé própria, toda a gente que não criam estava perdida. Outras pessoas tomaram a ênfase agostiniana que Deus ordenava umas pessoas para a salvação e outras para perdição como uma posição devastadora para as missões porque o destino das pessoas já foi decidido. O mosteiro muito importante em Lérins, no sul de França, começando com o João Cassiano, representou uma tradição oriental no Ocidente que rejeitava os extremos do Pelágio e viu a crença predestinaria do Agostinho como uma inovação perigosa.

A controvérsia que Agostinho teve com os donatistas foi também muito difícil. Ele rejeitava a insistência deles na pureza completa por qualquer ata sacramental seja válida. Ele aborreceu a violência deles, mas não teve hesitação nenhuma em suprimi-los através da tropa romana. Ao mesmo momento quando a contextualização do Evangelho na cultura berbere e púnica precisava um forte apoio pastoral, a própria cultura latina do Agostinho deixou-lhe incapaz de ver as possibilidades.

Frederick W. Norris

Bibliografia

Peter Brown, Augustine of Hippo (1967); Henry Chadwick, Augustine (1986); William H. C. Frend, The Donatist Church: A Movement of Protest in Roman North Africa (1952); Robert C. Sproule, The Donatist Controversy (1984); Agostino Trape, St. Augustine: Man, Pastor, Mystic (1986).


Este artigo é reproduzido, com permissão, do Biographical Dictionary of Christian Missions, direitos autorais © 1998, por Gerald H. Anderson, W. B. Eerdmans Publishing Company, Grand Rapids, Michigan. Todos direitos reservados.



Augustine