português
inglês
francês
suaíli
introdução
visão
notícia
índice
sujeitos potenciais
bibliografia
subsídios
escritórios
escreva-nos


Banda, Isaac
c. 1917 a c. 1991
Igreja do Nazareno
Zâmbia



O Pastor Isaac Banda foi um refugiado da guerra civil em Moçambique. Com vinte dois mil outras pessoas, ele estabeleceu-se no Acampamento para Refugiados de Ukwimi, Zâmbia durante a década de 1980. O governo de Zâmbia e agências mundiais de apoio forneceram-lhes com um lugar onde pudessem cultivar hortaliça e continuar as suas vidas em paz.

O Isaac Banda tinha servido como pastor leigo na Província de Tete em Moçambique. Achou-se na Ukwimi junto com muitos outros nazarenos de Moçambique e iniciaram cultos de adoração. O Isaac Banda já teve mais que setenta anos de idade e ele foi visto como um ancião espiritual.

Cerca de 1988, ele sugeriu que o grupo levantar uma oferta e enviar um representante para a cidade de Lusaca, uns quinhentos quilómetros distante, para estabelecer contacto com os outros nazarenos naquela cidade. O Sr. Viola Phiri, também um pastor leigo, foi enviado como o representante do grupo. Como resultado da sua visita, o Rev. John Zulu e o missionário, o Rev. Lowell Clark, começaram a visitar os nazarenos na Ukwimi. Acharam cerca de 275 nazarenos que falavam a língua chichewa reunidos numa igreja construída de postos de madeira e um teto feito de capim.

Quando o Sr. Isaac Banda faleceu, havia cerca de dois mil pessoas assistindo aos cultos em quatro igrejas diferentes e espalhados sobre uma área de largura de trinta e cinco quilómetros. Quando o Pastor Banda faleceu muita gente lamentou a perda do seu líder espiritual.

Paul S. Dayhoff

Bibliografia

J. Fred Huff, "A Saintly Refugee Goes to His Heavenly Home," Trans African, (Florida, Transvaal, South Africa: Africa Nazarene Publications, March-April 1992), 7.

World Mission, (Kansas City, MO: Nazarene Publishing House, October 1989), 10.


Este artigo reproduzido, com permissão, do Living Stones In Africa: Pioneers of the Church of the Nazarene, edição revisada, direitos autorais © 1999, por Paul S. Dayhoff. Todos os direitos reservados.